Quando a abdominoplastia é indicada

A abdominoplastia é indicada para remover o excesso de gordura e pele. O procedimento restaura os músculos enfraquecidos e reconstrói o perfil abdominal, deixando a barriga mais lisa e firme.

Tipos

Existem vários tipos de abdominoplastia, e a escolha pelo método mais indicado para o caso sempre será feita pelo médico-cirurgião, que irá analisar a condição da paciente, suas queixas e expectativas em relação ao resultado. Entenda um pouco mais sobre cada um deles:

Mini abdominoplastia

Essa é a alternativa mais comum para os casos onde seja necessária a remoção de pequenas proporções de pele. A incisão é menor e trabalha especificamente na região abaixo do umbigo.

Essa cirurgia costuma ser eficaz na eliminação de pequena flacidez, e os pacientes podem retomar a rotina diária logo após um breve período de repouso.

Abdominoplastia extensa/circunferencial

Esse é o procedimento realizado normalmente em pacientes que tiveram grande perda de peso que resultou em flacidez e excesso de pele. Os casos mais comuns são mulheres que tiveram uma gestação recentemente e pessoas que fizeram a cirurgia bariátrica.

Essa abdominoplastia exige uma incisão mais extensa e atinge uma região corporal maior. Aqui, o umbigo deve ser reposicionado e o período de recuperação é mais longo, estendendo-se de 2 até 4 semanas. A cicatriz fica visível em volta do umbigo e na região onde o biquíni marca.

Abdominoplastia total, clássica ou completa

Realizada nos casos de flacidez total, na região abdominal, quadril e costas. A abdominoplastia total tende a remodelar a pele do corpo, e também elimina o excesso de gorduras. A posição dos músculos retoabdominais também é corrigida.

A incisão é feita no abdômen e na parte inferior das costas. Na maioria dos casos é associada à lipoaspiração. Esse procedimento cirúrgico é um pouco mais complexo do que os anteriores e confere a tonificação do abdômen. Há a necessidade de reposicionamento do umbigo, pois toda circunferência será integralmente remodelada.

O período pós-operatório também é mais longo. A internação costuma ser de 1 a 2 dias e a rotina do paciente só pode ser retomada completamente após o primeiro mês. No pós-operatório podem ocorrer inchaços que precisam ser monitorados pelo médico-cirurgião.

Agendamento